Os princípios básicos de Negociação – Descubra

Negociacao
Moby-click-apresentacoes

Negociar é a chave para o sucesso. Qualquer mercado precisa de contratos, parcerias, trocas, compras, vendas e outros câmbios. Por isso, quem sabe negociar tem uma ferramenta de grande valor nas mãos.

Há quem considere que negociar é apenas pedir um desconto. Bom, embora esse seja um dos objetivos de quem negocia (diminuir os custos), existem muitos outros tópicos que devem passar pela negociação e que são essenciais para o sucesso de um negócio.

Se você quer ser um empreendedor e quer aprender a negociar, o primeiro passo é conhecer os princípios básicos dessa arte. Descubra agora quais são e não deixe de exercitá-los!

1. Mantenha o foco em um objetivo principal

Você pode tentar um prazo maior, facilidade de pagamento, diminuição ou aumento de parcelas, descontos, divisão nos lucros, amortização, juros menores etc. Sempre há o que negociar. Porém, é de suma importância que você saiba qual é o seu objetivo principal e mantenha o foco em consegui-lo. Você sempre pode obter uma vantagem extra, mas se o seu objetivo maior é, por exemplo, um fornecimento com pagamento consignado, não deixe de dar a devida atenção para isso.

2. Faça concessões premeditadas

Numa negociação todos querem se sentir vencedores. Se de um lado você quer uma melhoria de condições, do outro lado há alguém que também que ver o negocio otimizado. O segredo para esse “cabo de guerra” é oferecer concessões. Bom, mas tome muito cuidado para não ser pego de surpresa. Já tenha em mente algo que você pode oferecer, sem onerar os seus planos, em troca de algo que você realmente quer.

3. Não seja “chorão”

Negociar é preciso, mas a postura certa do negociador difere um empreendedor de um “chorão”. Não adianta tentar negociar reclamando de tudo (preço, prazo, qualidade e entrega), nem é de bom tom ficar apenas pedindo sem saber ouvir os limites da outra parte. Entenda que a negociação é um jogo e por isso é preciso ter habilidades para ganhar, existem regras que devem ser acatadas e o outro time deve ser respeitado.

4. A regra da “gordurinha”

Seja uma negociação para comprar ou para vender, a regra da gordura sempre pode ser observada. O vendedor usa, em média 10% do seu valor para oferecer descontos (essa é a concessão premeditada) e o comprador precisa estar ciente disso. A “gordura” só vai ser retirada do valor final se o cliente pedir. Por isso, quem vende só usa essa carta na manga quando colocado em xeque e quem compra precisa sempre lançar mão desse trunfo.

Comentários

Ronnie Magalhães

Pós-graduando em Empreendedorismo e Novos Negócios pela Business School São Paulo. Bacharel em Publicidade e Propaganda pela Universidade Anhembi Morumbi, com especialização em E-commerce e Projetos Web.

Possui conhecimentos e habilidades em planejamento e desenvolvimento de planos de comunicação, estratégias de relacionamento e gestão de canais em mídias sociais, gerência e controle de campanhas, análise e mensuração de resultados. Experiência na integração de projetos com Analytics, Search Engine Marketing, Search Engine Optimization. Certificado Google Advertising Professional.

Newsletter

Newsletter Eu Herói- Cadastre-se

Parceiros

  • Banner-Moby-Click-Apresentacoes.jpg
  • Publicidade-Google-Adwords.jpg
  • Banner-QualificaSP-Curso-Empreendedorismo.png